0
Você tem 0 itens no carrinho

As fronteiras do Chamamé

O Chamamé é um estilo musical tradicional da província de Corrientes, na Argentina Este ritmo de compasso ternário é apreciado também no Paraguai, Uruguai e em vários locais do Brasil, principalmente nos estados da região sul e centro-oeste. Em sua origem se integram raízes culturais dos povos indígenas guaranis, dos criollos argentinos e também dos imigrantes europeus. Nestas regiões o chamamé é dançado como uma espécie de valsa e alegra as noites de bailes nas regiões de fronteiras e nos galpões de fazendas.

Durante o período em que fui ator na novela “Paraíso”, da Rede Globo, tive muito contato com esta cultura fantástica e acabei gravando em parceria com o Rodrigo Sater, irmão do Almir, um CD pela “Som Livre”. Neste CD gravamos um chamamé que foi composto pelo Rodrigo e que teve a participação do Sérgio Reis e do Almir Sater na viola.

Atualmente nos meus shows sempre toco o “Km 11”, uma composição de “Transito Cocomarola” que é uma das músicas mais conhecidas e tocadas neste segmento.
Em primeira mão envio para vocês este vídeo onde todos os músicos ganham espaço para a improvisação, mostrando que um bom chamamé nunca sai de moda.|

Divirtam-se e compartilhem a viola caipira brasileira.

Noticias Relacionadas

Leave a Reply

Destaques

Programa Mundo Afora

Semanalmente apresentamos artistas brasileiros que tocam e cantam a música sertaneja de raiz.

Mais vídeos

Playlist Viola Caipira