Piadas de Caipira

CAUSOS – O Causo do Coronel, o Caipira e o Perfume

Braz Chediak

O Coronel Coriolano e o caipira Zé Mindinho, adversários políticos e inimigos, se encontraram na única barbearia da cidade e, imediatamente foram atendido pelos dois barbeiros, que sabiam da birra entre os dois.
Durante todo o tempo em que faziam a barba o Coronel e o Caipira não trocaram nem uma palavra.
Os Barbeiros também ficaram quietos, temendo que, se os dois discutissem, a coisa poderia descambar pra confusão.
E, como era sabido, Coronel Coriolano tinha pavio curto.
Terminaram as barbas quase ao mesmo tempo.
O barbeiro que atendeu o Coronel pegou a loção pós-barba mas foi interrompido por seu cliente que disse:
“Não, nada de perfume. Senão a minha patroa vai sentir o cheiro e pensar que eu estive no bordel!
O outro barbeiro virou-se para Zé Mindinho e indagou: “E o senhor, quer loção?”
Ao que ele respondeu:
“Uai, pó passá! Minha muié num sabe cumo é que é cheiro de bordé, não. Ela nunca trabaiô lá….”
A barbearia até hoje está fechada para reforma.

Noticias Relacionadas

Destaques

Programa Mundo Afora

Semanalmente apresentamos artistas brasileiros que tocam e cantam a música sertaneja de raiz.

Mais vídeos

Playlist Viola Caipira