Homenagem a Cornélio Pires

Show gratuito de lançamento de CD de música caipira em homenagem a Cornélio Pires

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), promove, nesta sexta-feira (26), às 19h30, o show de lançamento do CD “Todas as Modas da Turma Caipira de Cornélio Pires”, em comemoração aos 90 anos de gravação da música caipira no Brasil. A apresentação é gratuita e tem vagas limitadas, por isso é necessário que o público interessado reserve seu lugar, antecipadamente, das 8h às 17h, pelo telefone: (15) 3231-5723.

Produzido pelo músico, compositor e pesquisador Pedro Massa e viabilizado pelo ProAC, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado, o CD celebra o “pai” da música caipira e sertaneja do Brasil e apresenta todas as modas e canções gravadas por Cornélio Pires em sua coleção de discos. São 63 títulos que foram digitalizados, restaurados e masterizados, com inserção de ISRC para distribuição nas plataformas digitais.

Cornélio Pires gravou de forma independente, pela primeira vez, entre 1929 e 1930, as modas de viola, catiras, cururus e o samba paulista na sua famosa coleção de discos conhecidos como os “discos do selo vermelho”. Foram gravados, na época, 106 títulos em 53 discos, entre canções, causos e piadas caipiras que, logo, se tornaram populares pelo país, alcançando índices nunca antes imaginados em vendas nesse mercado, que ainda era novo no Brasil.

O intuito desse projeto comemorativo é, além da preservação do acervo cultural, apresentar o artista e sua rica obra para as novas gerações, garantindo, assim, a manutenção dessa rica história que faz parte do cenário raiz paulista e brasileiro.

No show de lançamento, os músicos Pedro Massa e Fábio Tomazela interpretarão alguns dos clássicos do cancioneiro tradicional, no formato viola e contrabaixo, como “A Chalana”, “Cabecinha no Ombro”, “O menino da porteira” e a primeira moda de viola gravada no Brasil: “Jorginho do Sertão”.

A apresentação é pedagógica e o público terá a oportunidade de saber mais sobre a história cronológica da viola no Brasil. Na ocasião, será mostrada a diversidade sonora desse instrumento, executando parte do repertório autoral, com temas eruditos e contemporâneos, de maneira instrumental.

O público deverá seguir todos os protocolos sanitários preventivos à Covid-19, como usar máscara protetora e respeitar o distanciamento social. A Biblioteca Infantil Municipal está localizada na Rua da Penha, 673, no Centro. Mais informações podem ser obtidas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, pelo telefone: (15) 3231-5723.

Sobre Cornélio Pires

Nascido em Tietê (SP), Cornélio Pires (1885-1958) foi um aluno irrequieto e relapso, segundo o pesquisador sorocabano Abel Cardoso Junior. Aos 17 anos, foi para São Paulo, ingressando no jornalismo e, para sobreviver assumiu diferentes atividades, sendo inspetor de aluno, professor de ginástica, além de produzir documentários de cinema sobre paisagens brasileiras, publicar livros, entre outras.

Destacou-se por suas palestras e apresentações em teatros e cinemas do Brasil, abordando a figura do caipira, seus aspectos, cultura e curiosidades. Não se vestia como caipira. Apresentava-se impecável de terno e gravata e exato no português. Só adotava o sotaque caipira ao contar causos, em seus escritos e gravações. Era extraordinário imitador de vozes humanas, tanto do caipira, como do sírio-libanês, alemão, espanhol, entre outros.

Recolhia, em suas viagens, causos, anedotas e comportamentos do caipira, mostrando suas espertezas, simplicidade e peculiaridades, ao contrário da imagem indolente e ignorante, como era figurado na época. Fez muito sucesso com suas apresentações e livros.

Fonte: noticias.sorocaba.sp.gov.br
Por: Mariana Campos

Noticias Relacionadas

Destaques

Programa Mundo Afora

Semanalmente apresentamos artistas brasileiros que tocam e cantam a música sertaneja de raiz.

Mais vídeos

Playlist Viola Caipira